Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Pérolas: Mails de Lixo.

Há uns dias atrás, ao ir à caixa de email do meu Lovely Things, deparo-me com uma pérola destas que copiei ipsis verbis e colei aqui:

 

Olá.
Como você está?
Meu nome é Janet. Eu sou uma mulher me deparo com o seu perfil aqui, e gostaria de adicioná-lo comomeu amigo e estabelecer um relacionamento duradouro com you.You pode me encontrar no meu e-mail id.por favor Se você estiver interessado em saber mais sobre mim OK? para que eu possa lhe enviar minha foto e dizer mais sobre mim. Eu estarei esperando para ouvi-lo com amor,

seu adorável,
Janet.


Conclusões a que cheguei:

 

1º Esta coisa (sim, porque não é pessoa), não consegue distinguir coisas de pessoas ou homens de mulheres.

 

2º A coisa não sabe a que género sexual pertence, daí não saber fazer a concordância gramatical com o sujeito.

 

3º Eu não sou um gajo, portanto não posso ser amigo! No máximo seria amiga.

 

4º Relacionamentos com o meu príncipe.

 

5º Não estou interessada em saber absolutamente nadinha sobre a coisa.

 

6º Fotos, só minhas e de quem gosto. 

 

7º "Ouvi-lo com amor"? Então não era ver? Ah, e de novo, Eu não sou um gajo!

 

8º Ah, "tu" em português não se diz "you"... Volta para a escola! (Esta coisa deve ter sido colega do Relvas)

 

9º "adorável"? Tens-te em alta consideração!

 

10º Mas afinal és um gajo e chamas-te Janet? Confusingggg!

Pérolas Infantis... (:LOL:)

 

P: De onde vem a cortiça?

R: Dos cornos da vaca.

(hummm... isto quer dizer que os sapatos que eu trazia hoje calçados são feitos de cornos de vaca?! Acho que me enganaram na sapataria...)

  

P: De que são feitos os botões?

R: De pioneses.

(Iaics...! Eu bem me parecia. Deve ser por isso que tenho dificuldade em apertar o botão das calças... ou será por outro motivo?! Aconselho as senhoras (e os senhores?) com silicone nas mamocas a não usarem nada com botões...)

 

P: De que são feitos os casacos?

R. De papelão.

(Por isso é que quando ando à chuva, os casacos repassam. Como é que eu ainda não tinha percebido?! OMG!)

 

P: Diz uma fonte turística que exista na tua zona.

R: A minha casa.

(Será que a casa se tornou numa fonte porque mete água por todos os lados e se tornou num aquário ou a casa é tão concorrida mas tão concorrida que passa por lá mais gente do que no metro à hora de ponta? Caso a investigar...)

  

P: Quais são as vantagens do turismo?

R: É atrair ferro.

 

P: Quais as desvantagens do turismo?

R: É que não atrai ferro.

(Ora pois, tá-se mesmo a ver: se uma pessoa é turista, passeia muito. Se passeia muito, transpira. Se transpira, lava a roupa (alguns!). Se lava, amachuca. Se amachuca, atrai ferro. Ferro de engomar É esta a vantagem. Se não somos turistas, não precisamos de lavar a roupa nem passar a ferro... ou não? Não atrai ferro, só atrai fedor a suor. Por isso é uma desvantagem!)

 

  

Fonte: Teste do 3º ano de um dos meus colégios. Verdade!